Casos suspeitos de Dengue atendidos pelo Cecom em 2024

(atualização em 01/04 às 12:23)
370
Casos suspeitos
237
Positivos
88
Negativos/ descartados
45
Em investigação

Armadilhas Dengue

O Programa Unicamp sem Dengue, com o objetivo de controlar e combater a dengue na universidade, realiza um trabalho de monitoramento das larvas do mosquito Aedes aegypti. Uma das formas de monitoramento se dá através da coleta e análise do material depositado nas armadilhas, que estão estrategicamente espalhadas pelo campus. As armadilhas são de fácil identificação, pois são pneus cortados pela metade e com informações sobre a sua funcionalidade. São 28 armadilhas em vários ambientes externos do campus de Barão Geraldo e três na Moradia Estudantil.
Este trabalho de monitoramento é chamado de Vigilância Entomológica (VED), e é feito por alunos bolsistas, supervisionado por um docente do Instituto de Biologia, integrante do Grupo de Trabalho de Combate à Dengue.
É importante manter a integridade das armadilhas pois são instrumentos de monitoramento das condições larvária do campus, o que possibilita uma série de ações de caráter preventivo, de forma localizada e muito eficiente. 

Pedimos aos membros da comunidade Unicamp que ao encontrarem uma destas armadilhas a olhem com respeito, sabendo que não é apenas um pneu velho, mas um instrumento estratégico no combate à dengue na Unicamp. Colabore não jogando lixo como copinhos, papéis, sacos plásticos e nem vire-as para baixo, porque as tornam ineficientes para o trabalho de monitoramento.

A situação da dengue é alarmante e todos temos o compromisso de combatê-la!

mapa dengue